Laudo de SPDA e Medição de Aterramento

O objetivo do Laudo SPDA é oferecer noções pertinentes às condições atuais de uma instalação do SPDA denominado como Sistema de Proteção contra Descargas Atmosférica, também conhecida como Para-Raios, em atendimento as orientações da NBR 5419/2005 da Associação Brasileira de Normas Técnicas. O Laudo de SPDA é um sistema de proteção contra descargas atmosféricas e serve como averiguador e age de forma preventiva de uma estrutura interceptando os raios e encaminhando suas correntes extremamente altas para a terra.

O SPDA deve possuir uma rede de terminais aéreos, condutores de interligação  e eletrodos de aterramento construídos para fornecer um caminho de baixa impedância para a terra. O Laudo deve ser elaborado prevendo a segurança das instalações uma vez que esses sistemas de proteção contra descargas tendem a atenuar o risco de incêndio que raios representam para estruturas. Um SPDA permite uma passagem de baixo impedimento para a corrente do raio diminuindo o efeito de aquecimento provocado pela corrente que flui através de materiais das estruturas inflamáveis.

Para Raio

Um para raio é um instrumento utilizado em sistemas de energia elétrica e sistemas de telecomunicações e tem a funcionalidade de proteger e isolar os condutores do sistema a partir dos efeitos nocivos dos raios. Esse possui uma extremidade de alta tensão e outra de aterramento. Quando uma descarga atmosférica passa pela linha de energia indo até aos para-raios, a corrente de energia é desviada através dele, na maioria dos casos seu destino é a terra.

Se essa proteção obtiver defeito ou não houver esse equipamento de prevenção, os raios atingirá o sistema elétrico podendo através dos milhares de quilo volts, danificar as linhas de transmissão e causar grandes danos a transformadores e dispositivos elétricos e eletrônicos. A manutenção de sistemas de proteção é normalizada internacionalmente pela IEC e somente em projetos elaborados com base em disposições destas normas podem assegurar uma instalação dita eficiente e confiável.

Eficiência do SPDA

Não existe nada que impeça que um raio atinja determinado lugar, não existe choque a longas distâncias quando os sistemas prioritariamente receptores funcionam. As soluções aplicadas buscam minimizar os efeitos destruidores, a partir da colocação de pontos preferenciais de captação e condução segura da descarga para a terra. Os projetos elaborados com base em disposições das normas asseguraram a instalação dita eficiente e confiável, entretanto, esta eficiência nunca atingirá os 100%, estando, mesmo estas instalações, sujeitas á falhas de proteção.

As mais comuns são a destruição de pequenos trechos do revestimento das fachadas, ou de quinas da edificação. O Sistema de Proteção contra descargas atmosféricas, conhecido também como para-raios, incorporam um conhecimento maior do que simples hastes de metal inseridas no ponto mais alto da edificação, mas utilizam-se de reservatórios, antenas e outros, ligados a terra por meio de condutores também metálicos. Se por acaso um raio fluir através de materiais porosos e saturados com água, estes podem literalmente explodir se o seu teor de água é transformado em vapor pelo calor produzido a partir da alta corrente. Conheça mais sobre laudos e variados cursos da NR e se inscreva em Mundial cursos.

laudoAVCB

Quero Saber os Próximos Cursos

cadastro

Cadastre seu e-mail para receber informações sobre cursos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!