Inspeções Técnicas NR-13 Vasos de Pressão

A inspeção técnica de Caldeiras e Vasos de pressão e outros recipientes que provem do âmbito industrial atende a Norma Regulamentadora NR-13 no Brasil. Essa norma garante aos trabalhadores mais segurança, os habilitados na função devem dispor de equipe técnica qualificada como Engenheiros Mecânicos, Eletricistas e de Segurança no trabalho todos com registro. A experiência e eficiência para uma inspeção de Segurança inicial regular em teste Hidrostático e inspeção conforme determinações e das normas faz a diferença.

As caldeiras, vasos de pressão e similares devem ser submetidos a inspeções de segurança inicial, periódica e extraordinária, pois é considerada grave toda ocorrência causada por falha no equipamento, devido alto grau de temperatura exposta ao trabalhador. Essa caldeira instalada deve conter uma placa de fácil identificação com boa visibilidade e sua fabricação com material sólido como o alumínio, bronze e aço inoxidável.

Exigência na inspeção

É importante saber que toda inspeção de segurança inicial deve ser realizada quando a caldeira e similares já estiverem devidamente instalados em local definitivo. A inspeção é realizada como exames internos, externos, teste hidrostático, teste de estanqueidade e são importantes e necessários. Esse controle de segurança no equipamento deve ser realizado sempre que a caldeira apresentar algum dano ou defeito por acidente comprometendo a segurança. A Norma Regulamentadora NR-13, estabelece todas as determinações necessárias legais e técnicas relativas à instalação, manutenção, operação e inspeção desses equipamentos. Empregada em 8 de junho de 1978, vem sendo alteras com revisões pela portarias SSMT n.°2, de 8 de maio de 1984, SSMT.

Toda alteração ou vistoria adequada a norma que possa modificar as condições iniciais de fabricação é dever de o profissional atualizar as condições do equipamento antes de ser colocado em funcionamento novamente. A permanência estagnada por mais de seis meses, por exemplo. O teste de acumulação deve ser executado com normas técnicas vigentes e todos os requisitos necessários para uma inspeção segura pode ser encontrada nas Normas regulamentadoras 13. Para conhecer mais, confira sobre curso de operador de caldeira.

Modos de inspeções necessárias

As normas técnicas vigentes obriga uma habilitação para o manuseio e inspeção da inspeção de segurança periódica, os métodos base em códigos e normas internacionalmente reconhecidos serão definidos prováveis planos de inspeção para cada equipamento e podem ser; Inspeção externa, Inspeção interna, Avaliação de intangibilidade em caldeiras com mais de 25 anos, Análise de extensão, Traçado de Alteração e Reparo, Fluxograma de Engenharia, Ensaios não agressivos, Calibração dos dispositivos de segurança e controle, Manuseio dos instrumentos, Cálculo da Pressão Máxima de Trabalho Admissível, Diagnóstico de documentação, Certificação de prontuário, de relatório e de inspeção, Averiguação do Livro Registro de Segurança, Certificados de ensaio e calibração, Certificados dos operadores dos equipamentos, Medição de espessura por amostragem.

Emissão do Relatório de Inspeção, Identificação fotográfica, Recomendações específicas, Estratégia de Ação e instruções para atendimento das exigências legais, Normas técnicas relatadas com medidas a serem providenciadas, Progresso do fluxo de informações técnicas, Aprimoramento técnico e melhoria das atividades de manutenção de operação, Válvulas de segurança quanto identificação de cada em particular juntamente como a indicação de abertura requerida.

laudonr13

Quero Saber os Próximos Cursos

cadastro

Clique Aqui Para Saber Mais.
Cadastre seu e-mail para receber informações sobre cursos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!