Curso Instrutor de Trabalho em Altura

A Norma Regulamentadora 35 sistematiza as determinações mínimas e critérios de amparo para a realização de atividade em altura. O planejamento, organização e formas preventivas de maneira sucinta e cautelosa na segurança e saúde dos trabalhadores diretamente envolvidos com tal atividade de risco. Segundo a NR 35 é considerado exercício em altura toda atividade executada acima de dois metros do nível inferior, onde haja risco de queda. Todo trabalhador que exercer função que se enquadre a essa norma, deverá passar por qualificação específica de segurança no trabalho. Muitas profissões exigem riscos em sua manutenção e por isso muitos cursos estão sendo disponibilizados de maneira a sanar essa necessidade. O curso de instrutor de trabalho em altura cabe muito bem para tal função, conheça a Mundial Cursos e se inscreva nessa e demais cursos do ramo.

A implementação dos parâmetros assegura a realização da análise de risco e o papel de um instrutor é fundamental. No curso são aplicados vários métodos para a prevenção de acidentes procedimento operacionais para as atividades rotineiras de trabalho em altura, assegurando ao aluno a realização de avaliação prévia das condições no local pelo estudo, planejamento e introdução das ações e das medidas complementares de seguranças aplicáveis.

Público Alvo

O curso de instrutor de trabalho em altura é indicado para todos, porém muitos profissionais de segurança do trabalho como Engenheiros e Técnicos de Segurança se enquadram no assunto e se qualificam. O curso é importante para profissionais que irão ministrar treinamentos de trabalho em altura e querem trocar experiências com outros profissionais em sala de aula, tornando assim, uma ampla visão e conhecimento de forma pedagógica. Bombeiros e demais especialistas devem passar anualmente por qualificações em forma de atualizarem seus conhecimentos para a melhor desenvoltura da função.

Conteúdo programático do curso de instrutor de trabalho em altura

Os métodos de operação do curso utilizam muitas técnicas de aprendizagem motora e execução dos conceitos e ligados à realidade dos alunos, respeitando as características de cada um e dos serviços enfrentados no dia a dia de trabalho. O conteúdo programático é realizado em sala de treinamento tem o foco no desenvolvimento da percepção de riscos, nas práticas de saúde e segurança e na prevenção de acidentes por meio da apresentação de conceitos, procedimentos e equipamentos utilizados nos trabalhos em altura. As normas aplicáveis na programação são; Regulamentos aplicáveis ao trabalho em altura, Conhecimento da análise de periculosidade e condições impeditivas, Riscos inerentes em altura e medidas de prevenção e controle, Sistemas, Equipamentos e procedimento de proteção coletiva, Equipamentos de Proteção Individual para altura assim como seleção, inspeção, conservação e limitação de uso.

Eventualidades típicas em trabalhos em altura, Comportamento em situações de emergência, incluindo noções de técnicas de resgate e de primeiros socorros, Norma comentada, Interface entre as NRs relacionadas, Aprendizado de nós uteis para o trabalho e resgate em altura, Deslocamento em escadas e estruturas, Posicionamentos adequado para a função, Técnicas de ancoragem de corda, Tipos deslocamentos verticais por cordas ente outros. O pré-requisito para se qualificar como instrutor de trabalho em altura é básico e fundamental; Ser maior de idade, estar ciente assim como preencher declaração de se submeter atividades de riscos, possuir boas condições físicas de saúde e não ter fobia de altura.

 


Quero Saber os Próximos Cursos

cadastro

Cadastre seu e-mail para receber informações sobre cursos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!